Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Evento

Congresso Internacional de Inovação Tecnológica nas Ciências da Saúde

15/11 08:00 a 18/11 17:00

Auditório do IFBA - Sto. Antônio de Jesus

https://www.ufrb.edu.br/mediagro/

saedmetodologias@gmail.com

O acesso às práticas agroecológicas é estratégico no contexto mundial favorável ao aumento da expectativa de vida que alia a necessidade de alimentos funcionais, mais saudáveis, que regulam sistemas morfofuncionais. Na busca pelo aumento da expectativa de vida, uma das alternativas é a interação entre o consumo diário de produtos orgânicos com cultivos agroecológicos que garanta a ingestão de alimentos livres de quaisquer aditivos químicos, assim como fertilizantes artificiais, pesticidas e herbicidas, produtos sintéticos nocivos à saúde, como também ao meio ambiente. A oferta de serviços de saúde que aumentam a expectativa de vida passa pela medicina integrativa, devido aos limites de custo da alta complexidade, planos de saúde, fila de espera da medicina tradicional. A oferta da medicina integrativa necessita de insumos  que estão em práticas mais agroecológicas, produção orgânica. A implantação da medicina integrativa na atenção primária em saúde deriva da análise das experiências municipais, definição do núcleo responsável pela solidificação, mapeamento dos profissionais eficientes, organização do acesso, legitimação, ciclo de implantação; pactuação dos planos locais, tutoria, atividades de educação permanente. Os organizadores do evento supõem que seja possível aliar agroecologia à medicina integrativa para construir as bases de fortalecimento das subtemáticas das áreas da medicina integrativa, agroecologia e sustentabilidade. Assim, o congresso nacional de inovação tecnológica nas ciências da saúde tem como objetivo estabelecer o debate entre subáreas do conhecimento que possuem eixos comuns assim como especificidades: a agroecologia, o paradigma do desenvolvimento sustentável e a medicina integrativa. O congresso está dividido em atividades de pré-congresso a congresso. As atividades concretas no pré-congresso são as de credenciamento dos participantes; colégio doutoral, como também uma roda de conversa a respeito da conjuntura socioeconômica no contexto dos temas que compõem o objetivo do evento, com apresentações artísticas da cultura local. A cultura como mediação entre a medicina integrativa e a agroecologia. Em seguida teremos a mesa de abertura com conferência de debatedores de renome na medicina integrativa, inovação tecnológica, agroecologia, sustentabilidade. Em seguida as mesas redondas a respeito das temáticas do evento como manejo ecológica de pragas, doenças e solo; desenvolvimento rural sustentável; contextos da medicina integrativa; certificação de produtos agroecológicos; terapias holísticas; processos de manutenção de fazendas ecológicas; economia da saúde e saúde coletiva; alimentos funcionais; arte terapia; fitoterapia; permacultura, alimentos funcionais; arte terapia; agricultura familiar; farmacognosia; farmacotécnica homeopática; acupuntura; homeopatia, conhecimentos tradicionais; alimentação escolar. No congresso teremos palestra com debatedores internacionais a respeito da perspectiva da medicina integrativa e agroecologia no nível mundial. Faremos uma mesa de negociações para entender as aproximações econômicas da medicina integrativa na agroecologia. A programação do evento inclui um workshop de líderes de grupo de pesquisa que atuam nas áreas de agroecologia e medicina integrativa para promover a formação de redes nacionais e internacionais, divulgação do conhecimento, empoderamento para propor/submeter editais a fomento. Na busca pela interdisciplinaridade um dos produtos do seminário será a reabertura da revista integrada de saúde e agroecologia, primeira no gênero no estado da Bahia. O congresso se constitui em evento de grande porte em que o CCS UFRB será a instituição promotora.

Powered by ChronoForms - ChronoEngine.com

Fim do conteúdo da página