Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Evento

I Seminário Internacional de Saúde da Família e Democracia

26/10 a 29/10

Online

Acessar Site do Evento

É com grande satisfação que a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio dos Programas de Pós-Graduação do Mestrado Profissional em Saúde da Família (PROFSAÚDE/MPSF), apresentam a realização do I Seminário Internacional de Saúde da Família e Democracia; a edição 2022 do IV Simpósio de Saúde Coletiva do Sul da Bahia e a I Mostra Científica PROFSAÚDE da Bahia, de 26 a 29 de outubro de 2022, em Porto Seguro (BA), na modalidade virtual (online) e de forma gratuita, com direito a certificação. O evento científico é uma parceria com o PROFSAUDE/MPSF em Rede Nacional, liderado pela Abrasco e Fiocruz, com o COSEMS-BA e com o CES/BA, visando, também, ser um momento preparatório para o 13º Congresso Nacional de Saúde Coletiva da Abrasco que terá lugar na Bahia, no mês de novembro.

O tema escolhido, “Formação profissional, Acesso e Desigualdades em Saúde no Contexto Pós-pandêmico”, representa o alicerce do coletivo e sua atuação frente às desigualdades e em defesa da democracia e da saúde da família como prioridades da Atenção Primária à Saúde (APS) no sistema público de saúde, e faz ênfase nos desafios na saúde da família e as alianças estratégicas para impulsionar a proteção social das populações vulneráveis e fortalecer a democracia e o direito à saúde pública para todos, com adequado financiamento público da saúde por parte do Estado. A pandemia de Covid-19 ameaçou os sistemas de saúde no mundo, principalmente, na região das Américas, balançando os pilares da APS e dos sistemas universais de saúde, deixando expostas as fragilidades na qualificação profissional, o acesso com equidade e principalmente as desigualdades em saúde, com maiores estragos do que soluções e melhorias implantadas em suas estruturas, e ceifando milhares de vidas humanas.

A grave crise sociossanitária afetou as condições de vida e de saúde da população em geral, principalmente, das pessoas em situação de vulnerabilidade social e pobreza. Neste sentido, cabe ao evento científico discutir sobre o enfrentamento da pandemia na saúde da família e os desafios da saúde pública, universal e gratuita, assim como debater sobre as sequelas e lições aprendidas neste contexto pandêmico. É importante repensar ações conjuntas para o fortalecimento do sistema de saúde público, para a oferta e acesso equitativo e de qualidade das populações e para a preparação da saúde pública diante das crises por vir. Sendo necessário contribuir na formação profissional para além do modelo biomédico, articulada aos processos de mudança no campo da educação para a transformação das práticas de cuidado de forma mais efetiva, integrada e sensível à realidade local e regional e baseada em evidências.

Os eixos temáticos propostos para o evento científico permitirão esse espaço de aprendizagem e troca de conhecimentos, tanto para a região da Bahia, como o compartilhamento de experiências na região Ibero-americana, entre as diversas comunidades científicas, instituições parceiras e comunidade usuária da saúde pública, participantes no evento. Assim, os objetivos do evento internacional são: incentivar o intercâmbio científico entre as instituições parceiras para o fortalecimento da rede de educação e saúde; favorecer a troca de conhecimentos, debates, discussões e produção de saberes sobre temas compartilhados em âmbito regional, nacional e internacional, junto à comunidade acadêmica, usuários e trabalhadores da saúde pública; divulgar a produção científica e experiências desenvolvidas por todos os participantes do certame; incentivar a discussão de temas relevantes em tempos atuais de pandemia e pós-pandemia, que repercutirão na qualificação profissional, na melhoria e equidade de acesso aos serviços de saúde públicos, com ênfase na educação em saúde, promoção e prevenção de agravos na saúde da família e comunidade, usuários do sistema público de saúde.

Os eixos temáticos propostos são: * Saúde coletiva Ibero-americana, experiências e aprendizagens em educação em saúde; * Desigualdades, vulnerabilidades e riscos em saúde; * Redes formadoras e práticas colaborativas nas redes de atenção à saúde; * Financiamento, trabalhadores, usuários e acesso com equidade em saúde.

Evento publicado em: 18/07/2022

Fim do conteúdo da página