Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Curso

O curso de Engenharia Mecânica oferece 25 vagas e tem como objetivo formar um profissional com perfil técnico e empreendedor, para atuação plena nessa área e em áreas avançadas do conhecimento. Preparado para atuar em projeto, fabricação, utilização, manutenção e descarte de produtos, se torna um elemento-chave na busca de excelência, competitividade e desenvolvimento sustentável do setor industrial. No foco regional, esse profissional é fundamental para a preparação e desenvolvimento de recursos energéticos, de matéria-prima, da infra-estrutura e logística tornando ainda mais atrativa a região para investimentos nos ramos Automotivo, Naval, Têxtil, de Biocombustíveis, de Energia e Gás, de Mineração, de Química e Petroquímica, de Agroindústria, de TI e Informática, de Calçados e Componentes.

 

Curso: Bacharelado em Engenharia Mecânica

Titulação: Bacharel em Engenharia Mecânica
Integralização mínima: 5 anos (3 anos no BCET + 2 anos na Terminalidade)
Carga horária mínima: 3.935h
Turnos ofertados: Integral

Vagas Oferecidas: 50 anuais (25 vagas no1º semestre e 25 vagas no 2º semestre).
Forma de ingresso: o ingresso na terminalidade de Engenharia Mecânica da UFRB obedecerá aos seguintes critérios listados em ordem de prioridade:
1. egressos do ciclo básico do Bacharelado em Ciências Exatas e Tecnológicas (BCET) da UFRB;
2. egressos de bacharelados de universidades conveniadas;
3. portadores de diploma, transferências internas e transferências externas, desde que haja vagas remanescentes. Para isso, a matriz do curso de origem deve possuir pelo menos 70% em carga horária de componentes curriculares do BCET-UFRB, e o discente deverá cursar os componentes curriculares complementares para a conclusão do BCET.

 

Perfil do egresso

 

O egresso do curso de Engenharia Mecânica da UFRB é um profissional altamente qualificado, pronto a absorver e desenvolver novas tecnologias, de fácil inserção no mercado de trabalho por seus conhecimentos técnicos e por sua capacidade de resolução de problemas. Esse perfil transcende o caráter projetista e/ou usuário das novas tecnologias simplesmente, mas sim portador de visão crítica das questões políticas, sociais, econômicas, ambientais e relativas ao desenvolvimento sustentável, que permeiam sua atividade.

 

Campos de atuação

 

O engenheiro mecânico poderá atuar nas indústrias Automotiva, Naval, Têxtil, de Biocombustíveis, de Energia e Gás, de Mineração, Química e Petroquímica, de Tecnologia da Informação e Informática, de Calçados, na Agroindústria e nas organizações públicas e/ou privadas.

Fim do conteúdo da página