Ir direto para menu de acessibilidade. huluhub.com
Portal do Governo Brasileiro
antalya escortantalya escortankara escortpendik escort
Página inicial > Notícias > EDUFRB lança os livros Blocos Regionais e Desenvolvimento e Sentidos do Trabalho Docente
Início do conteúdo da página
PUBLICAÇÕES DIGITAIS

EDUFRB lança os livros Blocos Regionais e Desenvolvimento e Sentidos do Trabalho Docente

03/01/19 09:42 | 08/02/19 08:36 | 491 | Fábio Ferreira

A Editora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (EDUFRB) publicou os livros digitais Blocos regionais e desenvolvimento e Sentidos do Trabalho Docente, de autoria de professores da instituição Os e-books encontram-se disponíveis, gratuitamente, para baixar no site da EDUFRB e fazem parte da Coleção Acadêmica.

O livro Blocos regionais e desenvolvimento: União Europeia e Mercado Comum do Sul (2018) é de autoria do professor de Ciências Sociais, Antonio Eduardo Alves de Oliveira, e decorre de parte da tese por ele produzida e defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal da Bahia (UFBA/PPGCS), sob orientação da professora doutora Ruthy Nadia Laniado.

No prefácio da obra, Laniado defende que a formação de blocos regionais para a integração e o desenvolvimento, uma contraface do processo de globalização das últimas décadas, é um tema de muita relevância para se entender a geopolítica atual e as novas exigências dos países e das organizações supranacionais.

Para ela, os blocos dizem respeito, diretamente, às questões que influenciam hoje a ordem política mundial, o multilateralismo e as tensões entre o nacional e o transnacional em relação a princípios, normas, atores, organizações, sistemas de poder e disputas hegemônicas.

“As mudanças políticas trazidas pelo fim do confronto entre o leste europeu comunista e o bloco de países capitalistas, que se formou com o fim da Segunda Guerra Mundial, apontam para outra direção”, explica Laniado, para quem a tese de Oliveira sobre o tema toma corpo e relevância: “a importância da formação dos blocos regionais para fortalecer países e mercados e para estabelecer novos parâmetros sobre os territórios e escalas do poder e da política no âmbito internacional’.

Para o autor do livro, Antônio Eduardo Alves de Oliveira, compreender as transformações da dimensão regional na ordem política contemporânea, a partir do debate sobre o novo papel das regiões no contexto de crise do Estado nacional e da nova ordem mundial, incluindo a formação de blocos econômicos é papel preponderante neste momento histórico.

Segundo ele, isso decorre porque as mudanças da cena internacional na globalização impactam em diferentes escalas (regional, nacional e mundial), e em especial no regionalismo supranacional que lida com as clivagens regionais no interior dos Estados-membros dos acordos de integração regional.

O e-book de 328 páginas propõe, como objetivo central, “compreender, como em um processo acelerado de globalização, são tecidas relações entre países, dando origem a novas regionalidades supranacionais que são capazes de promover o desenvolvimento capitalista utilizando–se de estratégias que combinam as regiões e/ou países mais avançados com outros que apresentam déficits sociais e econômicos; sobretudo entender quais os mecanismos que são empregados no apoio econômico a estes últimos (regiões ou países)”, define Oliveira.

Para tanto, se faz necessária uma compreensão do que seja a regionalidade, conceito que será recorrentemente associado às abordagens do livro ora publicado.

Sentidos do trabalho docente

O e-book Sentidos do Trabalho Docente revela parte da vida dos profissionais da educação básica, entre os anos de 2010-2013, de 4 territórios de identidade da Bahia: Região Metropolitana de Salvador, Recôncavo, Médio Rio de Contas e Vale do Jiquiriçá, oferecendo visibilidade a questões subjetivas, sociais políticas e culturais que constitui a natureza do trabalho docente.

O estado da Bahia conta com 27 territórios de identidade atualmente, definidos pela Secretaria de Planejamento Estadual.

Produzido pelo professor Godinho, o e-book busca caracterizar, por intermédio dos dados censitários, o perfil das docentes da educação básica nos quatro territórios de identidade; as evidencias e as desigualdades sócio profissionais.

O livro explica às questões do perfil do segmento, às dimensões culturais, econômicas e políticas, no plano da experiência laboral de regentes de classe em perspectiva comparativa; analisando os sentidos atribuídos ao trabalho e à profissão por meio dos dados de tipo qualitativo, comparando perspectivas das professoras sobre o cotidiano de seu trabalho; e investigando os percursos profissionais das trabalhadoras docentes, aprofundando visões sobre escolha, identidade, atuação, perspectivas políticas e culturais, no âmbito da atuação profissional.

O e-book, de 196 páginas, é fruto do estágio de pós-doutoramento no Programa de Pós-Graduação de Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ocorrido entre 2013 e 2014.

Acesse:

Sentidos do Trabalho Docente, de autoria de Luis Flávio Reis Godinho.

Blocos regionais e desenvolvimento: União Europeia e Mercado Comum do Sul, de Antonio Eduardo Alves de Oliveira.

Fim do conteúdo da página