Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Solicitação de Transporte

Como fazer a solicitação: 

 Solicitação de viagem:  

 SIPAC -> Portal Admin. -> Requisições -> Veículos\Transporte -> Cadastrar requisição ->   Veículo para um período 

 Serão responsáveis pelo preenchimento do formulário de solicitação de veículos os seguintes demandantes: 

      Técnicos Administrativos: No caso de atividades administrativas; 

      Docentes: Para viagens que contemplem atividades de ensino, pesquisa e extensão; 

      Representantes da PROPAAE no Centro: No caso de viagens demandadas por discentes; 

Todos os docentes e técnicos administrativos têm Login (nº do Siape) e Senha para acessar o SIPAC. Os que, porventura, não tiverem acesso, favor entrar em contato com a COTEC, através dos telefones 75 3621-5788 / 9418 / 4003 / 7348.

Aqueles que ainda não conhecem o funcionamento do Sistema de Protocolo da UFRB podem consultar o Tutorial de Solicitação de Transporte.

 

 Frota de veículos*: 

  • Carro de passeio hatch:  (04 passageiros) 
  • Carro de passeio hatch:  (04 passageiros) 
  • Caminhonete cabine dupla 4x4 (4 passageiros) 
  • Van (15 passageiros) 

*Observação Importante: Temos apenas 01 motoristas para atender a comunidade acadêmica.

 

 ATENCÃO quanto à jornada de trabalho dos motoristas: 

  • A jornada normal de trabalho do motorista é de 8 (oito) horas diárias e de 44 (quarenta e quatro) horas semanais. 
  • O período mínimo para descanso do motorista é de 11 (onze) horas consecutivas entre duas jornadas de trabalho (art. 66 da CLT). 
  • Para cada jornada de trabalho, um tempo mínimo de repouso é garantido ao trabalhador: no mínimo, uma hora (art. 71 da CLT). 
  • Os profissionais não podem trabalhar mais do que duas horas extras diárias. 
  • Poderá ser concedido aos motoristas folga compensatória, razão pela qual poderá haver dias em que será reduzida a disponibilidade de motoristas no Centro. 


São deveres dos usuários dos veículos oficiais: 

I – Observar os princípios de zelo e cuidado com o patrimônio público; 

II – Responder por eventuais danos causados no veículo, provocados intencionalmente ou por uso 

indevido, arcando com as despesas para reparação; 

III – Obedecer rigorosamente aos horários e itinerários estabelecidos para o atendimento da 

solicitação; 

IV – Comunicar com a antecedência eventuais atrasos ou cancelamentos da viagem/deslocamento 

programado; 

V – Utilizar os veículos oficiais de forma disciplinada, evitando tumultos ou desordens que possam causar qualquer dano, seja no próprio veículo ou ao de terceiros; 

 VI – Não concordar ou concorrer para o uso indevido do veículo, bem como comunicar à unidade gestora da frota quaisquer irregularidades cometidas pelo condutor durante a realização da atividade que necessitou da utilização do veículo oficial; 

VII – Utilizar sempre o cinto de segurança; 

VIII – Fornecer, sempre que possível, informações ao condutor sobre o período de espera; 

IX – Respeitar e tratar com cordialidade e gentileza o condutor e demais usuários; 

X – Comunicar, prontamente, à unidade gestora da frota quaisquer irregularidades cometidas pelo condutor durante a realização da atividade que necessitou a utilização do veículo oficial; 

XI – Não consumir bebidas alcoólicas ou drogas ilícitas dentro do veículo. 

XII – Assinar a requisição de reserva de veículo, atestando as informações relatadas pelo motorista; 

XIII – Obedecer estritamente às condições de uso dos veículos previstas nesta Portaria. 

Fim do conteúdo da página