Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
PIBID Edição 2020

PIBID Edição 2020

A proposta se estrutura em dois eixos de modo orientar as atividades levando em consideração os princípios e características da iniciação à docência. Os eixos são: 1) Interação com a Comunidade Escolar; 2) Pedagógico Específico. No Eixo de Interação com a Comunidade Escolar espera-se que os subprojetos façam um diagnóstico colaborando com o estudo do contexto educacional. Em parceria com as escolas, os licenciandos participarão de reuniões da comunidade escolar, conhecendo a comunidade e participando do planejamento acadêmico. A Imersão do licenciando na escola é desejada, vivenciando e conhecendo a estrutura escolar, os diversos sujeitos e profissionais que nela atuam, as práticas de ensino e aprendizagem, as maneiras da escola se situar na sua localidade, as interações com a comunidade do entorno. O licenciando também desenvolverá junto com o supervisor intervenções pedagógicas. A interação dos supervisores, que são professores da escola básica, com os orientadores de área, que são professores pesquisadores e os licenciandos, que são futuros professores, gera uma troca de experiências que engrandece a todos os envolvidos.

As intervenções pedagógicas podem ser em sala de aula, em outros espaços escolares como quadra, pátio, laboratório, ateliês e eventos escolares; como também em espaços fora da escola como associação de bairros, praças, teatros etc ou mesmo espaços virtuais. As intervenções serão planejadas e executadas estimulando-se a inovação e a criatividade e o trabalho colaborativo. A intervenção deve ser pautada pela busca de metodologias participativas, interdisciplinares, inclusivas e que respeite a diversidade. Estas experiências capacitam o licenciando a relatar a suas vivências em publicações científicas, produzindo narrativas de aulas a fim de relatar as experiências e refletir sobre a prática vivenciada. No Eixo Pedagógico Específico foi pensado como um espaço de estudo e reflexão das práticas pedagógicas. Neste eixo promover-se-á o estudo do currículo prescrito pela LDB, PCN principalmente a BNCC. A BNCC é um fator relativamente novo cujos agentes da educação estão em fase de adaptação e a discussão e estudo se faz necessário tanto nas escolas-campo quando na Universidades. Nas suas áreas específicas, os conteúdos prescritos pela BNCC devem ser entendidos e apreendidos do se ponto de vista técnico e formal e complementados pelas discussões metodológicas associados com a didática dos conteúdos, viabilizando a BNCC no currículo em ação nas salas de aulas. As experiências dos supervisores e os casos que emergem durante as intervenções serão portas para entender como o currículo é influenciado pela experiência cultural, dos valores e significados trazidos pelas pessoas de seu meio social e vivenciado na própria escola. A discussão se dará de forma reflexiva buscando reconhecer desafios e apontar soluções.

Os produtos sistematizados das ações realizadas deverão ser socializados na comunidade escolar e fora dela em forma de seminários, feira de conhecimento e por meio de publicações, tais como resumos, artigos, pôster relatos de experiência, cartilhas e mídias sociais. Desta forma espera-se que o licenciando desenvolva-se na leitura e produção de textos didáticos e científicos. O projeto PIBID UFRB pretende trabalhar nas áreas de Alfabetização, Artes, Biologia, Educação do Campo, Educação Física, Filosofia, Física, História, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia, totalizando 12 áreas. Teremos 29 núcleos, sendo 15 deles em áreas prioritárias. Pretendemos abranger 24 municípios baianos que serão de Água Fria, Amargosa, Antônio Cardoso, Bonito, Cachoeira, Conceição da Feira, Coração de Maria, Cruz das Almas, Elísio Medrado, Feira de Santana, Governador Mangabeira, Iraquara, Irará, Itaetê, Itaguaçu da Bahia, Jaguaquara, Maragogipe, Milagres, Muritiba, Mutuípe, Santo Amaro, São Félix, Saubara e Varzedo.

Ao propor o Projeto Institucional “Iniciação à Docência nas Licenciaturas da UFRB: A iniciação profissional na articulação entre escola e comunidade”, a UFRB compreende que a iniciação profissional à docência é, ao mesmo tempo, uma prática da atuação profissional em seus primeiros momentos e uma possibilidade de reflexão acerca da formação docente. O início da carreira é, para a juventude, um momento de expectativas e incertezas que circundam seu processo formativo.

Estabelecemos 4 (quatro) objetivos que podem ser adequados aos subprojetos. São eles: 1) inserir o licenciando na comunidade, 2) Incentivar uma visão crítica e reflexiva dos desafios e oportunidades da profissão, 3) Impactar a escola-campo com métodos inovadores e criativos e 4) Impactar nas ações dos cursos de licenciatura com base nas vivências do PIBID. Estes objetivos serão bem sucedidos em decorrência de ações guiadas por uma visão estratégica. sendo assim, associamos cada objetivo a uma estratégia para atingi-los. Para atingir o objetivo de inserir o licenciando na comunidade, pretende-se incentivar a participação dos bolsistas em reuniões da comunidade escolar como reunião de professores, planejamento acadêmico e de pais. Ao realizar o diagnóstico o bolsista terá a oportunidade de compreender o ambiente da sua profissão. Ao realizar intervenções ele estará utilizando o diagnóstico para suprir necessidades dos saberes demandados pela comunidade e exercitando o fazer docente.

Fim do conteúdo da página