Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Alunos do internato de Medicina da UFRB integram força-tarefa Tele Coronavírus 155
Início do conteúdo da página
COVID-19

Alunos do internato de Medicina da UFRB integram força-tarefa Tele Coronavírus 155

17/04/20 02:35 | 29/04/20 09:56 | 981 Renato Luz

Desde que foi lançado no último dia 24 de março, o Tele Coronavírus, serviço gratuito que coloca a população em contato direto com profissionais voluntários da área de saúde, por meio do número 155, já atendeu mais de seis mil pessoas, orientando o cidadão em caso de dúvida sobre a CoVid-19. A ferramenta de tele assistência permite auxílio rápido ao cidadão, evitando a circulação de pessoas que não precisam de atendimento em unidades de saúde, neste primeiro momento.

Idealizado pela UFBA e Fiocruz Bahia, o Tele Coronavírus recebeu a adesão da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), do Governo da Bahia, além da Uneb, Uesc, Uefs, Uesb, Escola Bahiana de Medicina, FTC Salvador, Unifacs, Unime, UFSB, Associação Bahiana de Medicina (ABM) e a Fesftech, esta última responsável pelo desenvolvimento de uma plataforma que é alimentada pelos voluntários.

Os discentes foram capacitados por meio de videoaulas para aplicação de protocolos de triagem. A central encaminha automaticamente a ligação para os celulares dos estudantes, que colaboram sem se expor a riscos de infecção individual pelo vírus. O secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas, explica a dinâmica adotada pela plataforma. “O cidadão liga para o número 155 gratuitamente e é atendido por um estudante de medicina do quinto ou sexto ano, devidamente capacitado e supervisionado por um médico, que escuta a demanda e faz a orientação, de acordo com o protocolo oficial adotado pela Sesab e Ministério da Saúde. Ao receber essa ligação, o estudante alimenta uma plataforma e esse dado é utilizado para os registros na área de saúde para auxiliar na gestão e na assistência à saúde”.

Raissa de Figueiredo e Daiane Sampaio integram força-tarefa Tele Coronavírus 155.
Raissa de Figueiredo e Daiane Sampaio integram força-tarefa Tele Coronavírus 155.

Daiane Sampaio, discente do internato de Medicina da UFRB, foi a primeira estudante da instituição a participar do tele atendimento. “Como interna de medicina prestes a me formar, poder contribuir com uma ação tão significativa em um momento atípico no contexto da saúde atual está sendo de grande relevância. Levar a informação e orientar de forma adequada faz com que as pessoas não saiam de suas casas desnecessariamente e procurem o atendimento médico presencial apenas no momento adequado, fazendo com que os serviços de saúde não fiquem sobrecarregados, priorizando assim os atendimentos de real necessidade”, destacou.

A interna Raissa de Figueiredo também recebeu a convocação para atuar no teleatendimento e falou sobre sua expectativa. “Acredito que seja o momento de contribuir da forma que pudermos diante da situação caótica que a pandemia tem nos imposto. Espero que possamos fornecer informação à população e ajudar a gestão da saúde na Bahia a obter um cenário mais realista da doença no Estado”, conta.

No total, 86 estudantes do internato de medicina da UFRB devem atuar na iniciativa. Os estudantes serão certificados pelo serviço.

registrado em:
Fim do conteúdo da página