Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Nota da Reitoria sobre portaria do MEC relativa ao retorno das atividades presenciais
Início do conteúdo da página
Nota

Nota da Reitoria sobre portaria do MEC relativa ao retorno das atividades presenciais

02/12/20 12:37 | 02/12/20 13:17 | 3098

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) vem a público para tranqüilizar a sua comunidade acadêmica, diante da publicação da Portaria do Ministério da Educação Nº 1.030, de 1º de dezembro de 2020, que estabelece, dentre outras diretrizes, a retomada das atividades presenciais, a partir de janeiro 2021, nas Instituições Federais de Ensino Superior.

Recebemos com estranheza a publicação desta portaria, num momento em que assistimos em várias regiões do pais, e do mundo, o crescimento do número de pessoas afetadas pela Covid-19 e uma indefinição quanto à vacinação em massa da população brasileira.

Na nossa região, levantamentos feitos pelo Comitê de Acompanhamento e Enfrentamento à Covid-19 na UFRB indicam um crescimento significativo no número de casos e de óbitos nestas ultimas semanas, infelizmente.

É preciso considerar, ainda, o perfil de nossa Universidade, constituída por cerca de 15 mil pessoas, entre estudantes, técnicos, docentes e terceirizados que, para desenvolver atividades presenciais na sua integralidade, necessitariam deslocar-se entre as diferentes municípios, mobilizando uma rede de transporte, o que certamente se constituiria em um forte vetor de contaminação.

Neste sentido, gostaríamos de tranquilizar a comunidade da UFRB e elucidar os seguintes pontos:

1 - Orientar todas as instâncias da UFRB a manter o que foi disposto na Portaria 322/2020 desta Universidade, publicada após deliberação do CONSUNI, em março de 2020;

2 - Assegurar o fluxo do Planejamento Acadêmico dos cursos de Graduação da UFRB conforme decisão do CONAC e disposto na Resolução 033/2020; bem como o calendário acadêmico da pós-graduação, conforme Resolução nº 032/2020

3 - Informar a toda comunidade que adotaremos as medidas necessárias (institucionais, jurídicas e políticas) para assegurar o respeito à vida, à ciência e à educação de qualidade, pública, gratuita e socialmente referenciada.

Reiteramos que a preservação da vida foi e continuará sendo a nossa prioridade!

Cruz das Almas, 02 de dezembro de 2020.

Fábio Josué Souza dos Santos
Reitor

registrado em:
Fim do conteúdo da página