Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > UFRB define ação conjunta com outras IPES sobre vacinação do COVID-19
Início do conteúdo da página
INSTITUCIONAL

UFRB define ação conjunta com outras IPES sobre vacinação do COVID-19

De acordo com a avaliação dos dirigentes das IPES, os municípios baianos têm critérios de atendimento dos públicos prioritários diferentes e ritmo do andamento do processo de imunização diferentes.
03/05/21 19:18 | 03/05/21 19:23 | 1362

reuniao reitores

Os reitores Fábio Josué dos Santos (UFRB), Evandro do Nascimento Silva (UEFS), Jacques Antônio de Miranda (UFOB), José Bites de Carvalho (UNEB), Aécio Duarte (IF Baiano) e Luzia Mota (IFBA) avaliaram o cenário estadual da vacinação contra o novo coronavírus, COVID-19, em profissionais da área de Educação Superior, em reunião virtual ocorrida nesta segunda-feira, dia 3, pela manhã. Pela UFRB, ainda participaram da reunião online, o chefe de Gabinete, professor Luiz Paulo de Oliveira e a Assessoria de Comunicação (ASCOM).

Na avaliação do quadro atual, em que os servidores da educação são considerados grupos prioritários, o que se constatou foi que o ritmo de aplicação das vacinas nas cidades baianas está com cronogramas diferentes e seguindo critérios de grupos prioritários diferentes. Não há uma sincronicidade sobre o atendimento aos profissionais de Educação (professores, técnicos-administrativos e terceirizados), no Estado, mesmo com o envio de uma lista prévia elaborada e enviada aos órgãos públicos envolvidos, pelas Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES).

Os reitores dessas IPES sediadas na Bahia, convidadas pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) definiram uma atuação conjunta, como estratégia no processo de vacinação dos servidores da Educação destas instituições, devido as particularidades de atendimento nos municípios.

Segundo a definição dos dirigentes, entre as ações conjuntas a serem adotadas destaca-se a articulação para realização de uma reunião virtual com o Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia (Cosems), para que os(as) reitores(as) das Universidades e Institutos possam apresentar o pleito para que a imunização dos profissionais das IPES da Bahia possa acontecer no município em que o(a) servidor(a) reside, critério comumente utilizado em outras companhas de vacinação do Sistema Único de Saúde.

Também, ficou definido que o grupo tentará uma reunião com a Secretaria Municipal de Saúde em Salvador, para incluir os profissionais das IPES da Bahia que residem neste município e que são lotados no interior baiano, no grupo prioritário da Capital.

A Reitoria da UFRB manterá a comunidade acadêmica informada dos resultados das ações empreendidas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página