Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > UFRB e Município de Ruy Barbosa discutem parceria para implantar Polo UAB
Início do conteúdo da página
INSTITUCIONAL

UFRB e Município de Ruy Barbosa discutem parceria para implantar Polo UAB

15/10/21 12:17 | 15/10/21 12:17 | 744
imagem sem descrição.

O reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), professor Fábio Josué, a pró-reitora de Graduação da UFRB, professora Karina Cordeiro, o superintendente de Educação Aberta e a Distância (SEAD) e coordenador UAB/UFRB, professor Adilson Gomes dos Santos, recepcionaram, em audiência, o prefeito de Ruy Barbosa, Luis Cláudio Miranda Pires, o Cláudio Serrada, e assessores para acertar o processo de implantação do Polo UAB (Universidade Aberta no Brasil) no Município de Ruy Barbosa. A reunião aconteceu na Sala dos Conselhos do prédio da Reitoria, Campus Cruz das Almas, na manhã do dia 07 de outubro.

O prefeito Cláudio Serrada relatou as condições socioeconômicas da região de Ruy Barbosa e defendeu a formação universitária como vetor para a mudança de mentalidade das pessoas, ambientadas ao longo do processo histórico, na manutenção da produção da lavoura de subsistência e na pecuária, com destaque ao gado de corte, sem uso de tecnologias e conhecimento técnico que gere outros produtos e resultados econômicos para sua população.

Ruy Barbosa é parte da região da Chapada Diamantina e localiza-se na microrregião de Itaberaba e na mesorregião do Centro-Norte Baiano, e possui mais de 30 mil habitantes.

Segundo Cláudio Serrada, a região é muito carente de novas tecnologias e culturas (na região tem-se produção de caprinocultura, abacaxi, mel e outros) e depende “de conhecimento técnico e profissional”.

Segundo o prefeito, está acontecendo uma migração de pessoas, principalmente, da faixa etária de 24 a 50 anos, para os centros urbanos maiores atrás de emprego e de formação universitária.

Na ocasião, foi entregue uma pesquisa educacional realizada pela Prefeitura, sobre o perfil educacional de Ruy Barbosa e em municípios vizinhos, após a conclusão do ensino médio e aponta a necessidade de implantação de ensino superior como meio de melhorar a formação educacional.

O reitor, Fábio Josué destacou que a implantação de um polo da Universidade Aberta do Brasil é um primeiro passo para atender a demanda por educação superior, pública e de qualidade, em Ruy Barbosa e que a UFRB vai providenciar estudos para viabilizá-lo.

Fábio Josué disse que a implantação do Polo UAB em Ruy Barbosa expande a atuação da universidade pública de qualidade em locais distantes e isolados e incentiva o desenvolvimento de municípios com baixos IDH e IDEB.

Para ele, desse modo, funciona como um eficaz instrumento para a universalização do acesso ao ensino superior em diversos cursos a serem ofertados, de acordo com a demanda do Município e para a requalificação do professor em outras disciplinas, fortalecendo a escola no interior do Brasil, minimizando a concentração de oferta de cursos de graduação nos grandes centros urbanos e evitando o fluxo migratório para as grandes cidades.

Presenças

Também participaram da reunião, pela Prefeitura de Ruy Barbosa, o Chefe de Gabinete Adenilton Sampaio, o Assessor do Gabinete Álvaro Marcos e a secretária de Educação Floriceia Alves e, pela UFRB, o Assessor de Comunicação, César Velame.

Polo UAB

A Universidade Aberta do Brasil (UAB) é um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária, por meio do uso da metodologia da educação a distância.

O Sistema UAB foi instituído para "o desenvolvimento da modalidade de educação a distância, com a finalidade de expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no País". Fomenta a modalidade de educação a distância nas instituições públicas de ensino superior, bem como apoia pesquisas em metodologias inovadoras de ensino superior respaldadas em tecnologias de informação e comunicação. Além disso, incentiva a colaboração entre a União e os entes federativos e estimula a criação de centros de formação permanentes por meio dos Polos de Educação a Distância em localidades estratégicas.

Assim, o Sistema UAB propicia a articulação, a interação e a efetivação de iniciativas que estimulam a parceria dos três níveis governamentais (federal, estadual e municipal) com as universidades públicas e demais organizações interessadas, enquanto viabiliza mecanismos alternativos para o fomento, a implantação e a execução de cursos de graduação e pós-graduação de forma consorciada.

registrado em:
Fim do conteúdo da página