Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Navio laboratório, máscara para casos respiratórios graves e moda no Univerciência
Início do conteúdo da página
Univerciência

Navio laboratório, máscara para casos respiratórios graves e moda no Univerciência

03/12/21 14:59 | 03/12/21 14:59 | 211

Neste sábado (4) o Univerciência vai mostrar o veleiro científico Tara, que esteve em Salvador e explora o oceano para criar uma consciência coletiva entre os cidadãos sobre os temas ligados à biodiversidade marinha. O programa vai mostrar também a criação de uma nova máscara para tratar casos respiratórios graves, e exibe um estudo que avalia os efeitos da respiração enriquecida de oxigênio. A atração traz ainda um curso de extensão que capacita mulheres para atuarem no mundo da moda. No‌ ‌ar‌ ‌pela‌ ‌TVE‌ ‌aos‌ ‌sábados,‌ ‌às‌ ‌14h30,‌ ‌o‌ ‌programa‌ ‌tem‌ ‌horários‌ ‌alternativos‌ ‌às‌ ‌segundas-feiras,‌ ‌às‌ ‌20h30,‌ ‌e‌ ‌quartas-feiras,‌ ‌às‌ ‌7h30.‌

O projeto Tara Ocean surgiu para estudar os efeitos da interferência do homem nos mares. O veleiro de pesquisa de fundação francesa, do qual participam 36 instituições parceiras de 13 países, entre as quais a Universidade Federal da Bahia (UFBA), esteve de passagem em Salvador durante a expedição que integra o programa internacional de pesquisa AtlantECO. No programa, o telespectador vai conhecer o navio laboratório, que durante quase dois anos, percorrerá 70 mil quilômetros no Atlântico Sul, investigando o microbioma oceânico, suas interações com as mudanças climáticas e os impactos da poluição, especialmente do microplástico no mar.

A Universidade Federal do Ceará (UFC) desenvolveu uma nova máscara para uso em pacientes com dificuldades respiratórias, inclusive nos casos graves de covid-19. O protótipo, batizado de Wolf Mask, tem como características ser não invasivo e full face, ou seja, cobre todo o rosto. A proposta do equipamento é o uso em diferentes situações hospitalares e até em atendimento móvel. A ideia surgiu a partir do uso de máscaras de mergulho adaptadas para funções respiratórias em outros países, inclusive no Brasil, no início da pandemia do coronavírus.

Ainda nesta edição, o Univerciência vai mostrar a contribuição da ciência para o bom desempenho de práticas esportivas, foco de pesquisas da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Dentre os temas estudados, foi investigado a efetividade da utilização da respiração enriquecida de oxigênio (hiperóxia) durante treinamentos de corrida, como forma de alcançar um melhor desempenho. A pesquisa traz à tona a questão da eficácia, segurança e ética. O projeto serve ainda como uma espécie de laboratório para os estudantes de educação física, estimula a prática de atividades físicas, promove saúde, bem estar e melhorias nos aspectos sociais e emocionais.

Moda, empreendedorismo e sustentabilidade são as marcas da Modateca, projeto de extensão do curso de administração da Universidade de Pernambuco (UPE). Dezenas de mulheres, em sua maioria artesãs, são beneficiadas com incentivos e orientações para as afroempreendedoras na produção de moda, na região metropolitana do Recife. O projeto é alvo de diversas pesquisas, a exemplo do estudo que traça o perfil social das empreendedoras e conseguiu constatar alguns dados, a exemplo dos percentuais de mulheres que já sofreram preconceito diante do cenário da moda e de quantas atuavam na informalidade.

registrado em:
Fim do conteúdo da página