Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Física, educação ambiental e animais silvestres são destaques do Univerciência
Início do conteúdo da página

Física, educação ambiental e animais silvestres são destaques do Univerciência

22/04/22 18:13 | 22/04/22 18:13 | 230

Neste sábado (23), às 14h30, na TVE, o Univerciência vai mostrar pesquisas científicas na área da física e uma análise sobre os diferentes aspectos da cidade de Salvador. O telespectador vai conhecer ainda o processo de educação ambiental desenvolvido no entorno de lagoas de Feira de Santana e como funciona o Centro de Aprendizagem e Manejo de Animais Silvestres em Sergipe. Sempre aos sábados, o Univerciência é exibido também em horário alternativo às segundas-feiras, às 20h30.

A física está muito presente no nosso dia a dia. Os leitores encontrados em agências bancárias e supermercados, por exemplo, utilizam o laser, dispositivo inventado por um físico norte americano, em 1960, que ao longo de décadas passou por diversos processos. O laser aleatório, um entre os vários tipos existentes hoje, é objeto de pesquisa dos cientistas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Pesquisadores premiados recentemente no Prêmio Nobel de Física citam os artigos dos cientistas da UFPE durante seus trabalhos de pesquisa, fato que revela a importância dos trabalhos realizados no departamento de física da universidade para a pesquisa científica internacional.

Refletir sobre a qualidade do ambiente urbano, analisando diferentes aspectos da vida de Salvador, são os desafios de uma pesquisa realizada na Universidade do Estado da Bahia (UNEB). O telespectador vai conhecer o projeto Qualisalvador, fruto da pesquisa, que visa conhecer os múltiplos aspectos que constituem a cidade de Salvador e como eles impactam no cotidiano dos moradores. A ideia do projeto partiu de um mapeamento sobre a disparidade de moradia na cidade e envolveu ainda a Universidade Federal da Bahia (UFBA), além de contar com o apoio da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (EMBASA) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (FAPESP).

Pesquisadoras da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) estudam o processo de educação ambiental no entorno de algumas lagoas da cidade de Feira de Santana, na Bahia. Além de investigar a qualidade da água nas lagoas urbanas da cidade, os pesquisadores também informam às comunidades do entorno e às escolas sobre os cuidados de preservação destes recursos naturais e a importância ecológica das lagoas em relação ao equilíbrio climático e a conservação do meio ambiente.

Ainda nesta edição, o Univerciência vai mostrar como funciona o Centro de Aprendizagem e Manejo de Animais Silvestres (CAMASE), da Universidade Federal de Sergipe (UFS) que, em um ano de funcionamento, já atendeu mais mil pacientes na estrutura de clínica veterinária, localizada no campus do Sertão, no município de Nossa Senhora da Glória. O local serve ainda para desenvolvimento de pesquisas, como a restauração de carapaças de jabutis e o estudo da leishmaniose em animais que vivem próximos a áreas urbanas.

Primeiro programa brasileiro de TV e Internet dedicado à popularização da ciência produzida no nordeste brasileiro, o Univerciência foi criado em 2020 pela TV UESB (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia), e transformou-se, a partir da parceria entre a TVE Bahia e 40 instituições públicas de ensino superior de toda a região, em um conteúdo colaborativo com alcance e repercussão nacional, através da veiculação em TV’s públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras e das universidades na Internet.

O programa pode ser assistido em diferentes dias e horários nas diversas emissoras de TV aberta, em 12 estados brasileiros, além do Canal Saúde e Canal Futura, e é disponibilizado semanalmente nos canais na Internet por cada TV e universidades participantes, alcançando juntos cerca de 100 milhões de pessoas. Entre estudantes, docentes e técnicos, o Univerciência conta com mais de 800 mil pessoas envolvidas na sua realização, com um alcance de mais de 8 milhões de pessoas nas redes sociais.

registrado em:
Fim do conteúdo da página