Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Editora da UFRB divulga edital da Coleção Bicentenário da Independência do Brasil
Início do conteúdo da página
Publicação

Editora da UFRB divulga edital da Coleção Bicentenário da Independência do Brasil

03/05/22 15:48 | 03/05/22 17:47 | 949

A Editora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (EDUFRB) lançou o Edital EDUFRB 001/2022 - Coleção Bicentenário da Independência do Brasil, de livros digitais (e-books), para homenagear os duzentos anos do marco temporal de existência da Independência do Brasil. O edital tem parceria com a Pró-Reitoria de Extensão (PROEXT) e parte dos títulos da coleção poderá ser publicada em formato impresso.

Como se trata de uma edição comemorativa, o edital pretende receber, para esta chamada, propostas de trabalho resultantes de pesquisas científicas e experiências da Educação Básica, dentre outras produções científicas e culturais que tenham relação com a história do Bicentenário Independência do Brasil.

As propostas poderão ser inscritas de 01 de julho a 01 de outubro de 2022 e deverão estar vinculadas a um dos dois eixos: 1) Monografias, dissertações e teses; ou 2) Experiências da Educação Básica.

Os trabalhos encaminhados devem ser de autoria de membros da comunidade acadêmica vinculados aos cursos de graduação ou pós-graduação de Universidades públicas, membros da comunidade escolar vinculados à Educação Básica, bem como podem envolver colaboradores de outras universidades, instituições de pesquisa e movimentos sociais.

Confira o Edital Nº 001/2022 – EDUFRB.

Posse 

No mesmo evento, realizado na Reitoria (Cruz das Almas), os novos membros do Conselho Editorial da Editora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia tomaram posse. Na ocasião, o reitor Fábio Josué empossou os titulares e suplentes designados por meio da Portaria Nº 355/2022 para a nova composição do órgão.

Atualmente, a EDUFRB soma mais de 900 mil downloads gratuitos, 161 títulos publicados e disponibilizados para leitura digital, além de 14 livros para impressão em braille. A editora fundamenta o debate sobre o desenvolvimento da sociedade e das culturas de forma acessível para o público e tem objetivos de divulgar a produção acadêmica, artística, literária e ensaísta da UFRB e de outras instituições.

O reitor Fábio Josué enfatizou a relevância da editora e agradeceu a colaboração dos professores componentes do Conselho. “É importante reconhecer o trabalho da comunidade acadêmica da UFRB nesses dois anos. Foi um desafio enorme, tivemos diversos cortes e deixo aqui o agradecimento ao Conselho que é essencial para o funcionamento da editora, agradecemos pela contribuição e esforço, apesar de todas as dificuldades”, disse.

Presidido pela superintendente da EDUFRB, professora Rosineide Mubarack, o Conselho é composto também pelos titulares Paulo Henrique Ribeiro do Nascimento, Leila Damiana Almeida dos Santos Souza, Leilane Silveira D’Ávila, Luciana da Cruz Brito, Maurício Ferreira da Silva, Paula Hayasi Pinho, Rafael dos Reis Ferreira, Rubens da Cunha e os suplentes Carlos Alfredo Lopes de Carvalho, Marcílio Delan Baliza Fernandes e Tatiana Polliana Pinto de Lima.

“Um viva à ciência, um viva à UFRB! Não há independência sem ciência. É preciso trazer esse viva à todas e todos que lutaram, os que ainda lutam e os que lutarão por uma independência, pelo combate à desigualdade socioeconômica. A Universidade tem esse protagonismo de comunicar para a sociedade aquilo que a gente faz, que a gente produz. É esse o entusiasmo de nossa editora, em participar dessa agenda estratégica e continuar representando a Universidade para o mundo”, enfatizou a professora Rosineide Mubarack sobre o papel social da produção científica na Universidade.

Conheça a EDUFRB: ufrb.edu.br/editora.

registrado em:
Fim do conteúdo da página