Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Atividades do Programa RP envolvem 12 cursos de licenciatura da UFRB 
Início do conteúdo da página
RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA

Atividades do Programa RP envolvem 12 cursos de licenciatura da UFRB 

17/11/22 16:40 | 22/11/22 11:04 | 334

As primeiras atividades da 3ª edição do Programa Residência Pedagógica na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia tiveram início dia 16/11. Nesta edição, estão envolvidos os cursos de licenciatura da Educação do Campo, Língua Portuguesa, Biologia, Pedagogia, Educação Física, Matemática, História, Sociologia, Química, Física, Arte e Filosofia.

As atividades do Programa RP na UFRB serão desenvolvidas entre novembro de 2022 e abril de 2024 e vão abranger quarenta e quatro escolas de Educação Básica, distribuídas em dezenove municípios baianos, vinculados à oito Territórios de Identidade da Bahia. São vinte escolas-campo de âmbito municipal, dezoito de âmbito estadual, duas escolas-campo de âmbito federal e uma instituição de iniciativa comunitária que vão ser atendidas pelo Programa.

As atividades propostas têm por perspectivas o mapeamento das escolas; o trabalho educativo na Educação Básica; as metodologias e estratégias de ensino-aprendizagem; a prática de ensino e a regência; a realização de atividades extracurriculares; a produção de materiais didático-pedagógicos; o aprofundamento relacionado às áreas de conhecimento; a produção acadêmico-científica; a pesquisa colaborativa e a incidência no currículo dos cursos de licenciatura da UFRB. 

Nesta edição, o Programa RP na UFRB conta com a constituição de vinte e oito núcleos em doze subprojetos, nos quais vão atuar um coletivo composto pela Coordenação Institucional do Programa por vinte e sete docentes orientadores bolsistas, um docente orientador voluntário, oitenta e um professores preceptores bolsistas vinculados às escolas-campo, quatrocentos e cinco estudantes-residentes bolsistas e vinte e um estudantes-residentes voluntários.

O “Programa Residência Pedagógica na UFRB: relação teoria e prática e inserção orientada e acompanhada na Educação Básica na Bahia”, contemplado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), teve diálogo constante durante todo o processo de configuração e adequação da proposta institucional, promovido pela Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) e pela Coordenação Institucional do Programa, juntamente com as Coordenações e com os Colegiados dos cursos de licenciatura na instituição.

O objetivo geral da proposta institucional da UFRB é fortalecer e qualificar a formação de professores nos cursos de licenciaturas da instituição a partir da relação entre Universidade e escolas da Educação Básica no contexto da Bahia com a promoção de uma ampla rede de colaboração, em consonância com os objetivos que sustentam o Programa RP e tendo em conta sua condição de ação fundante para o aperfeiçoamento da formação inicial de professores da Educação Básica. 

O Programa Residência Pedagógica na UFRB tem como ênfases: (1) a articulação entre teoria e prática; (2) a construção da identidade profissional dos estudantes de licenciatura; (3) a valorização dos profissionais da Educação Básica e sua atuação como colaboradores nos processos formativos desencadeados; (4) o exercício da pesquisa colaborativa como possibilidade concreta na produção de reflexões sobre as práticas e experiências vivenciadas na escola e em sala de aula, em consonância com a trajetória e a produção acadêmica dos(as) licenciandos(as) e a atuação profissional docente na Educação Básica.  
 
Programa RP
- O Programa Residência Pedagógica (RP), constituído na relação institucional entre a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-BA), as Secretarias Municipais de Educação e os Institutos Federais de Educação na Bahia está colocado como importante ação na Política Nacional de Formação de Professores.

Os recursos financeiros destinados à 3ª edição totalizarão mais de R$ 4,7 milhões, uma ampliação de R$ 1,8 milhão em relação aos valores destinados para a 2ª edição. 

Confira o Relatório do Programa RP.

registrado em:
Fim do conteúdo da página