Fechar
Página inicial Notícias Reitor da UFRB acompanha agenda de Ministro da Casa Civil e Governador da Bahia
Institucional

Reitor da UFRB acompanha agenda de Ministro da Casa Civil e Governador da Bahia

14/01/23 17:26 , 14/01/23 17:31 | 431
imagem sem descrição.

O reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), professor Fábio Josué, acompanhou na manhã deste sábado agenda realizada pelo ministro da Casa Civil, Rui Costa e pelo governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, em Feira de Santana.

O ministro e o governador realizaram visita técnica para avaliar a situação das casas do condomínio Minha Casa, Minha Vida, tendo em vista a possibilidade de incluí-las na agenda de inauguração que o presidente Lula fará na Bahia, nas próximas semanas.

Na oportunidade, o reitor apresentou ao ministro e ao governador convite para participarem da inauguração de obras da UFRB que estarão sendo entregues à comunidade em breve (o Restaurante Universitário e o Pavilhão de Aulas 3). Também apresententou demandas gerais da UFRB, referente à recomposição do orçamento 2023 para assistência estudantil e custeio e liberação de recursos extraorçamentários para retomada de obras paralisadas, bem como da construção das sedes próprias dos Campus Feira de Santana e Santo Amaro.

Ainda durante o evento, o reitor conversou com o deputado federal Zé Neto, que costumeiramente tem apoiado a UFRB com a disponibilidade de emenda parlamentar individual. Entre 2020 e 2022, Zé Neto já destinou 2,7 milhões de reais para a UFRB, Campus Feira de Santana.

Fábio Josué também dialogou com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia, o deputado estadual licenciado Ângelo Almeida, que sinalizou desejo de estreitamento de parceria da SDE com a UFRB. Em fevereiro, o reitor deverá realizar reuniões específicas com estas autoridades para estreitar os diálogos.

Para o reitor, "2023 será o ano da retomada da reconstrução do país e das Universidades e, para efetivar esta retomada, iremos intensificar a nossa articulação política com parlamentares, governo estadual e governo federal, em busca de apoio para a nossa UFRB!".